Modelo de Embargos de Divergência - Novo CPC



Exmo. Sr. Dr. Ministro Presidente do Egrégio (...).



Recurso Especial (ou Extraordinário) n. (...)

(...), por seu advogado e procurador, no Recurso Especial (ou Extraordinário) extraído da ação (...), que move em face de (ou que lhe move) (...), vem, respeitosamente, apresentar

Embargos de divergência

o que faz tempestivamente, com fundamento no art. 1.043, do Código de Processo Civil e nos artigos 266 e 267 do Regimento Interno do Superior Tribunal de Justiça (nos artigos 330 a 336 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal), pelas razões a seguir aduzidas:

I – Acórdão embargado

O embargante interpôs Recurso (...) em face de acórdão do Tribunal de Justiça do Estado (...), cuja decisão pode ser assim resumida:
(...)
Nada obstante, o presente Recurso (...), que se fundou na violação dos arts. (...) não foi provido sob a seguinte fundamentação:
(...)
O acórdão recebeu a seguinte ementa:
(...)
Na fundamentação, destaca-se o seguinte:
(...)
Nada obstante as percucientes razões lançadas, o fato é que o acórdão é diametralmente oposto a outro da (...) Turma (ou: da mesma turma, nos termos do § 3º do art. 1.043 do CPC, tendo em vista a alteração de sua composição), que julgou a idêntica matéria da seguinte forma:

II – Acórdão paradigma

a) Divergência a ensejar a admissibilidade destes embargos
O acórdão paradigma está assim ementado, com a citação do repositório oficial de jurisprudência:
(...)
Nas razões da decisão, sustentou o relator (...).

b) semelhança fática entre os acórdãos divergentes no resultado
É possível verificar claramente que, tanto no acórdão recorrido quanto naquele aqui trazido à colação como paradigma, a questão girou em tono (...).

 Do acórdão embargado, extrai-se a seguinte fundamentação: (...).
Igualmente, no acórdão paradigma, posto que se fundou na (...).

 c) soluções divergentes a ensejar o presente recurso

Em que pese a evidente semelhança fática, é possível verifica conclusões, nada obstante, diametralmente opostas.
Com efeito, no acórdão embargado decidiu-se que (...).
Por outro lado, de forma diametralmente oposta, no acórdão paradigma, a solução foi (...).

III – Pedido

Ex positis, os presentes Embargos de Divergência merecem conhecimento e provimento na exata medida em que resta amplamente comprovada a semelhança fática entre os acórdãos embargado e paradigma, bem como a divergência total das consequências em ambos os acórdãos.
Portanto, espera e requer o embargante provimento do seu recurso para que prevaleça a tese do acórdão paradigma para que (...), invertendo-se os ônus processuais.
Requer-se, por fim, a intimação do embargado para, querendo, no prazo de 15 (quinze) dias, apresentar contrarrazões aos presentes embargos nos termos do art. 1.003, § 5º.

Termos em que,
Pede deferimento,
Data
Advogado (OAB)

Postagens mais visitadas deste blog

MODELO DE AÇÃO DE COBRANÇA - Novo CPC